WHAT DO I DO WITH MY CHILD ADHD / ADHD?

The unique book on ADHD – EXCLUSIVELY in strategies, diagnosis and therapy. It is a useful and practical book for the family, teachers, health professionals and for students who are interested or suffer from the disorder. A manual to consult with simple strategies and practices for cognitive-behavioral, psychological, pedagogical, social development and transpersonal. It is an answer to the most frequent question in the medical consultation.

O único MANUAL sobre TDAH – EXCLUSIVAMENTE sobre estratégias práticas, diagnóstico e terapia. É um livro útil e prático para a família, educadores, profissionais de saúde e para estudantes que estão interessados ​​ou sofrem com o transtorno. Um manual de referência com estratégias simples e práticas para o desenvolvimento cognitivo-comportamental, psicológico, pedagógico, social e transpessoal. É uma resposta à pergunta mais frequente da consulta. O QUE EU FAÇO COM O MEU FILHO TDA-H?

¿QUÉ HAGO CON MI NIÑO ADHD/TDA-H?

El único libro sobre TDA-H – EXCLUSIVAMENTE en estrategias, diagnóstico y terapia. Es un libro útil y práctico para la familia, educadores, profesionales de la salud y para los estudiantes que se interesan o sufren el trastorno. Un manual para consultar con estrategias sencillas y prácticas para el desarrollo-cognitivo-conductual, psicológico, pedagógico, social y transpersonal. Es una respuesta a la pregunta más frecuente en la consulta.

NEUROPSYCHOLOGY in em Action: Understanding Practice

Attention and memory neuropsychology, creativity, forensic neuropsychology, autism, elderly neuropsychology and dementia, neuropsychology and child rehabilitation, Attention Deficit Hyperactivity Disorder (ADHD), and hospital neuropsychology. Do you want to know more about the fascinating world of neuropsychology? Then this book is made especially for you!

Neuropsicologia da atenção e memória, criatividade, neuropsicologia forense, autismo, neuropsicologia do idoso e demências, neuropsicologia e reabilitação da criança, Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDA-H), e neuropsicologia no hospital. Você quer saber mais sobre o fascinante mundo da Neuropsicologia? Então esse livro é feito especialmente para você!

THE CHILD AND THE THERAPEUTIC NEUROSCIENCE IN INFANT PSYCHIATRIC DISORDERS: ADHD AND AUTISM

Entendendo a neurociência cognitiva… é a neurociência do conhecimento, ou seja, daquilo que sabemos, que se define mediante relações desde que estávamos dentro da barriga da nossa mãe. Nosso cérebro usa códigos relacionais associativos, formando redes cognitivas, a base de coincidências temporais entre estímulos do entorno (Santiago Ramon Cajal, 1894 e Friedrich, A. Hayek, 1899-1922), sob mecanismos da atenção, da percepção, da memória, da linguagem e da inteligência nosso cérebro adquire, armazena e recupera, influídos pelos nossos sentimentos e emoções. Intrínseca e constante relação entre a corteza e o entorno. O nosso conhecimento e a nossa memória estão contidos em um imenso conjunto de redes (Fuster y Bressler, 2012). Mais especificamente, nossa corteza cerebral, quanto seres humanos, se tornou previsível incorporada ao genoma, com memoria filética (memória genética). Ou seja, um código relacional que define objetos e entidades psicológicas. E minha especialidade como neurocientifica, na neuropsicologia, é estudar e investigar os efeitos clínicos e psicológicos das lesões corticais, usando neuroimagens funcionais mediante tomografia de emissão de pósitrons (TEP), imagens de ressonância magnética (RMf) e eletroencefalograma (EEG).

Então vamos embarcar juntos nesta viagem pelas interfaces do cérebro (estrutura e função), focando na zona pré-frontal; da psique com enfoque neuropsicológico, e de seus recursos e mecanismos terapêuticos para transtornos infantis e da adolescência mais comuns como o TDA-H, a depressão, ansiedade, psicoses, lesões pré-frontais, adição as drogas e o Autismo; na liberdade, na memória de trabalho, no livre arbítrio, no ciclo PA (percepção/ação), nas funções cognitivas, na homeostases, no hipocampo, na ontogenia do cérebro, nos neurotransmissores e na Netrina, na neurobiologia da linguagem, na educação, na resiliência, nas neuronas espelho e na tecnologia relacionada com o nosso cérebro; mantendo o compromisso de abordar nossa liberdade social de ação e participação vinculadas a nossa capacidade cerebral de responsabilidade como seres sociais de escolhas.