How does the brain work?
How does intelligence arise? Can we replicate it on machines?
And if we're focusing on what's not so important: intelligence?

“We are not a drop in the Ocean…We are the Ocean in the drop”. Rumi
I like this metaphor to talk about the brain, all our brains are somehow connected to each other and very soon AI might be useful to boost this!

The brain remains a mystery, altruistic and complex.
It is made up of more than just nerve cells (neurons). While there are between 86 and 100 billion neurons in the brain, there are roughly the same number of glial cells in the brain for example.
We need to understand better the neural mechanisms through which genetic polyformisms produce the cognitive and behavioral phenotypes evident in childhood psychiatric disorders, in order to be able to treat them and increase the quality of life of my patients and their families. And using AI for this is wonderful!
A new open challenge tests whether algorithmic models can explain human brain activity in cognitive tasks, and perhaps one day in psychological, emotional and perhaps intuitive, spiritual and transcendental tasks, encouraging interaction between researchers studying natural and artificial intelligence.

These are questions that scientists studying natural and artificial intelligence have pondered for decades. Today students learn concepts that have solid theory bases in both fields: neural networks, reinforcement learning, attention, working memory, and schemas. By improving communication between fields, we can develop reinforcement cycles that yield new insights to define research directions for natural and artificial intelligence.
“The digital revolution is transforming our lives. It is important that we all understand what it is, to be able, as in all human work, to direct it towards the well-being of all and prevent those who have money, power and influence from monopolizing it, speculating and manipulating us”.
Being ethical in this revolution is crucial!


20210910_112105

PORTUGUES
Como é que o cérebro funciona?
Como surge a inteligência? Podemos replicar em máquinas?
E se estamos nos concentrando no que não é tão importante: na inteligência.

“Não somos uma gota no oceano… Somos o oceano na gota”. Rumi
Eu gosto dessa metáfora para falar sobre o cérebro, todos os nossos cérebros estão de alguma forma conectados uns aos outros e muito em breve a AI pode ser útil para impulsionar isso!

O cérebro permanece um mistério, altruísta e complexo.
É composto por mais do que apenas células nervosas (neurônios). Embora existam entre 86 e 100 bilhões de neurônios no cérebro, há aproximadamente o mesmo número de células gliais no cérebro, por exemplo.
Precisamos entender melhor os mecanismos neurais pelos quais os polformismos genéticos produzem os fenótipos cognitivos e comportamentais evidentes nos transtornos psiquiátricos infantis, para poder tratá-los e aumentar a qualidade de vida de meus pacientes e de seus familiares. E usar AI para isso é maravilhoso!
Um novo desafio aberto testa se os modelos algorítmicos podem explicar a atividade do cérebro humano em tarefas cognitivas, e talvez um dia tambem em tarefas psicológicas, emocionais e talvez intuitivas, espirituais e transcendentais, incentivando a interação entre pesquisadores que estudam inteligência natural e artificial.

Essas são questões que os cientistas que estudam a inteligência natural e artificial têm ponderado por décadas. Hoje os alunos aprendem conceitos que têm bases teóricas sólidas em ambos os campos: redes neurais, aprendizagem por reforço, atenção, memória de trabalho e esquemas. Ao melhorar a comunicação entre os campos, podemos desenvolver ciclos de reforço que geram novos insights para definir direções de pesquisa para inteligência natural e artificial.
“A revolução digital está transformando nossas vidas. É importante que todos entendamos o que é, poder, como em todo trabalho humano, direcioná-lo para o bem-estar de todos e evitar que quem tem dinheiro, poder e influência o monopolize, especule e nos manipule ” .
Ser ético nesta revolução é fundamental!